Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

EntreNós

O que fazer em Dublin - Parte I

Adorámos Dublin! Os irlandeses são super amigáveis e a cidade é bastante acolhedora. É possível percorrê-la de uma ponta à outra em cerca de 30-40 minutos a pé. Os valores médios de aluguer de uma casa/quarto são bastante mais elevados que em Lisboa, mas os ordenados também são bem melhores. Ah!, para os mais distraídos, a moeda de Dublin é o euro. Não há, por isso, aquela chatice extra de ter que fazer câmbios e ser bom com a tabuada.

A história da Irlanda é, também ela, cativante, pelo passado de revolução e luta pela independência. 

 

dublin_ireland_2012_metroscenes.com_47.jpg

 

 

 

FWT 

Dublin não foi excepção à regra em relação às Free Walking Tours. Na verdade fizemos duas e ainda terminámos a estadia com uma prova de cerveja e whisky!

 

  • A primeira FWT que fizemos foi a "menos popular"; na parte antiga da cidade. 
  • A segunda foi a mais famosa, com passagens pelos maiores símbolos de Dublin.

 

Confessamos que, pela primeira vez, ficámos com as expectativas um pouco defraudadas em relação a uma FWT.

O guia da primeira - Richie - falava demasiado rápido e com um vocabulário bastante difícil para quem não é mega master no inglês. Não, não foi o sotaque irlandês, foi mesmo o facto de usar uma construção frásica e palavras algo exigentes para estrangeiros. Acabámos por não "apanhar" muitas das coisas ditas, o que tornou a FWT um pouco menos interessante.

 

 

O guia da segunda FWT - Peter - foi, curiosamente, o oposto do Richie: falava um inglês bastante simples e com uma dicção perfeita e compreensível. Além disso era super simpático e amistoso. Foi graças a ele que decidimos cometer a loucura de trocar uma visita à fábrica da Guinness por uma Prova de Cerveja e Whisky (apesar de ambos odiarmos whisky!). A promessa de uma tarde/noite de convívio, terminando com música tradicional irlandesa ao vivo, foi o suficiente para nos convencer.

 

 

12565359_10207108363019775_7394090843126197429_n.j

 

Só por curiosidade, para os mais fanáticos de cerveja, as que provámos foram: 

- Buried at Sea (Chocolate Milk Stout)

- Bay Ale (Irish Red Ale)

- Full Sale (India Pale Ale)

- Guinness (Irish Dry Stout)

 

Quanto aos whiskeys, não nos vamos alongar. Provámos, mas íamos morrendo.

 

 

 

Trinity College

É a única faculdade constituinte da Universidade de Dublin, que é, por sua vez, a mais antiga da Irlanda. Muitas personalidades famosas estudaram nesta faculdade, entre as quais, Samuel Beckett. 

Ocupa o 21º lugar no ranking de universidades mais velhas do mundo (com mais de 400 anos).

Quando se passa o portão e se descobre aquele outro "mundo", quase que dá vontade de ir para lá estudar! Nós tivemos!..

 

12631539_10207108362939773_5210320991055008818_n.j

 

 

Dentro de TC, está localizada a famosa Biblioteca de TC, que possui mais de 4,5 milhões de livros!!! A Old Library está decorada com bustos de académicos ilustres, contém a harpa mais antiga da Irlanda e cerca de 200 000 volumes, entre os quais o famoso Book of Kells - um manuscrito ilustrado por monges celtas por volta do ano 800. 

 

12644727_10207108363179779_2666497912839428657_n.j

 

 

National Museum of Ireland 

É, também, conhecido, como o "Dead Zoo". Tem uma vasta colecção de animais empalhados bastante cativante, pois podemos ficar a menos de um palmo de seres que provavelmente nunca mais iremos ver tão de perto e apreciar a sua beleza sem o pânico de poder ser morto. Naturamente que para além da enorme ala dos animais, contém, ainda, outras galerias igualmente interessantes.

A entrada é grátis!, como a maioria dos museus em Dublin!

 

89f6dc01712f26aafbdbe41105e02267.jpg

 

 

 

Castelo de Dublin

Fundado em 1204, por ordem do Rei John (primo afastado do João que agora vos escreve), o castelo de Dublin não é, na verdade, um castelo tradicional, mas sim um grande forte construído pelos anglo-normandos.

Foi reconstruído diversas vezes, apresentando, por isso, diversos estilos arquitectónicos. Contém, no entanto, uma torre original - a Record Tower. 

Serviu vários propósitos ao longo dos séculos: já foi um forte militar, uma prisão, abrigou o tesouro nacional, foi um tribunal de justiça e funcionou como prédio de administração inglesa sobre a Irlanda.

 

12647457_10207108363659791_9179644388419109111_n.j

 

 Fiquem por aí, pedaços de algodão doce! A Parte II já está no forno...

 

2 comentários

Comentar post