Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

EntreNós

Poupámos em... - Paris

 L' économie est ce qui est le gain.

 

Paris é uma cidade bastante cara (comparativamente a Lisboa), pelo que, mais do que em Barcelona ou Porto, tivemos que tentar poupar o máximo possível. 

 

Aqui ficam algumas das fantásticas poupadelas #EntreNós:

 

  • Chateau de Versailles e Louvre: a sortuda da Catarina, por ser uma criança com menos de 26 anos, teve entrada gratuita! Assim acontece em mais museus de França. Por isso, malta jovem, a Mona Lisa é toda vossa!

 

  • Passe: com a ajuda dos nossos marvailhosos hosts franceses, encontrámos a melhor solução para quem não conseguir ficar hospedado com vista para a Torre Eiffel. Por 26€ é possível comprar um Navigo > viagens ilimitadas de metro, comboio e autocarro durante uma semana.

12510338_1265330613482619_4177187547533639154_n.jp

 

 

 

  • Galerias La Fayette: há muitos locais privilegiados para vistas deslumbrantes sobre Paris, mas a maior parte deles são pagos. Porém, no terraço deste centro-comercial-gigante-em-que-se-vendem-as-marcas-mais-caras-do-mundo obtém-se uma vista quase panorâmica sobre a cidade de forma gratuita. Basta aparecer até às 17h. A vista desde a basílica de Sacré Coeur também merece destaque (igualmente grátis)!

 

12650643_10207158990085420_315884561_n.jpg

 

 

  • Refeições: esta não é para todos, meus caros. É preciso ter a sorte de ter familiares como os nossos! Poupámos um dinheirão porque a prima Fátima fez questão de cozinhar sempre deliciosas iguarias para os jantares e para o dia seguinte preparávamos umas sandochas e pequenos snacks.

 

IMG_6887.JPG

 

 

 

Este post teria o triplo do tamanho se o seu título fosse: "Onde esbanjar dinheiro à parva em Paris". Aí poderíamos incluir subtítulos como:

 

> Macarrons pelo preco simbólico de 2,10€

 

> Jantar para 2 por "apenas" 35€ por pessoa

 

> Mocha coffee no Starbucks só 5€

 

> Autocarro do aeroporto para o centro de Paris por uns incríveis 17€

 

 

Por agora é tudo. Fiquem por aí, pequenos esquilos!