Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

EntreNós

Sabias que... - Dublin

Sabias que... 

 

  • O nome Dublin provém do gaélico Dubh Linn, que significa Black Pool, ou seja, algo como Piscina Negra. Este nome é devido à confluência dos rios Poddle e Liffey, formando um lago de águas escuras que se situava onde hoje é o jardim do Dublin Castle.

 

  • As primeiras cidades irlandesas foram construídas pelos vikings. No séc. VIII, após terem abordado a costa irlandesa com o intuito de saquear tudo o que fosse possível, os vikings acabaram por se estabelecer em Baile Átha Cliath (Dublin) e de lá planearam a sua expansão para sul e oeste.

 

  • A harpa de Brian Boru foi inicialmente usada como símbolo pela Guinness. O governo quis fazer o mesmo mas a Guinness não cedeu os direitos de imagem. O governo encontrou uma solução simples: espelhar a harpa, ou seja, virá-la ao contrário. A harpa é, hoje em dia, usada em passaportes, documentos e selos governamentais. 

 

12736013_10207263399375587_1764312477_n.jpg

 

 

  • A Ha'penny Bridge foi reconstruída em 2001 pela mesma companhia que construiu o Titanic, a Harland and Wolff, de Belfast. Tenham cuidado a atravessá-la, meus caros, tenham muito cuidado! :p

 

  • O livro Ulysses, do escritor irlandês James Joyce, é o livro mais comprado e menos lido do mundo (assim nos disse o guia da FWT). Joyce levou 7 anos para terminar este livro que contém mais de 30.000 vocábulos diferentes, totalizando 265.000 palavras. Em Ulysses, Joyce retrata um dia vulgar na vida de Leopold Bloom pelas ruas de Dublin, estabelecendo paralelismos com a Odisseia de Homero.

 

  • Existe uma placa em memória do nacionalista republicano irlandês Michael O'Rahilly, que contém a carta escrita pelo mesmo para a sua família, após ser atingido por uma metralhadora britânica durante a Easter Rising (rebelião pela independência Irlandesa.) Pelo relato de um condutor da Cruz Vermelha, soube-se que os oficiais britânicos impediram que O'Rahilly fosse socorrido pelos paramédicos, tendo sido deixado para morrer. O memorial situa-se em O'Rahilly Parade, uma rua transversal a Moore Lane. 

12325422_10207263385015228_788327397_n.jpg

 

 

 

  • Na Christ Church é possível encontrar um rato e um gato mumificados. Acredita-se que, ao tentar fugir da sua presa, o pequenote se enfiou pelo tubo do órgão da igreja, tendo sido perseguido pelo gato. Foram descobertos em 1850,  após se verificar que algo não estava bem com o som do órgão. Hoje em dia são conhecidos como o Tom and Jerry da Christ Church.

 

  • Na ponte O'Connell existe uma placa em memória do padre Pat Noise que terá falecido sob circunstâncias duvidosas, quando a sua carruagem caiu ao rio Liffey. Ou então não. A verdade é que o padre Pat Noise nunca existiu e esta placa foi colocada em jeito de brincadeira por dois irmãos. No entanto, quando se soube que a Câmara se preparava para remover a placa, surgiram várias homenagens e protestos contra a remoção da placa, desde ramos de flores a mensagens. A placa ainda hoje se mantém na ponte O'Connell.

 

  • A biblioteca de Trinity College foi usada no Episode II de Star Wars: Attack of the Clones, representando os arquivos Jedi. 

12736289_10207263385215233_271031013_n.jpg

 

 

 

Sintam-se especiais! Nem toda a gente sabe estes segredos... :D