Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

EntreNós

Adeus, carago! - parte II

Continuando os "Must Go" do Porto:

 

- Torre dos Clérigos: na Free Walking Tour ouvimos uma história ultra mega fixe sobre a primeira acção de marketing do mundo. O dono das bolachas "Invicta" estava com pouca clientela. Ele tentava de tudo mas ninguém lhe comprava as bolachas. Até que um dia, cansado do insucesso, anunciou por toda a cidade que iria elevar as suas bolachas ao ponto mais alto da cidade - na altura, o topo da Torre dos Clérigos. Todos se reuniram, então, convictos de que veriam um pobre comerciante cair de uma torre tão alta. Estavam errados, porém! O dono das bolachas conseguiu alcançar o topo dos Clérigos. Perante toda a cidade, ele fez o pino e ainda bebeu um chá a acompanhar a sua iguaria. A partir daí, as suas bolachas ficaram famosas, tendo dessa maneira dado origem ao nome associado ao Porto - Invicta. 

 

 

12400478_10207030796360657_4947701469566676052_n.j

 

 

 

- Spirito Cupcakes: pode não ser um Must Go para o comum mortal, mas para os gulosos como nós, tem que estar nesta lista. De cupcakes de Oreo a cheesecake de Kinder Bueno, de tartes de Ferrero Rocher a gelado de Moscatel, esta casa tem tudo do mais apetitoso que há! 

 

       1915215_10207030795920646_1255654200762291049_n.jp        12439557_10207030458592213_8900086834927983261_n.j   

 

 

 

- Arte urbana: não é bem um "Must Go", mas sim um "Impossible to miss". A cada virar de esquina encontramos um muro graffitado, uma cabine telefónica decorada, uma caixa elétrica pintada. Todas elas únicas e lindas.

 

12010_10207012808990984_2984826057272238748_n.jpg 

12507610_10207030458992223_2289203667612759726_n.j 

12552572_10207012808870981_4377040567612629453_n.j

 

 

 

 - Livraria Lello: Serviu de inspiração para a escritora J. K. Rowling, autora da saga Harry Potter. Com um ambiente mágico e uma arquitectura diferente do habitual, a livraria Lello é, sem dúvida, um "Must Go" - ver mais informações AQUI

 

12548994_10207024949814497_1622241320957642313_n.j

 

 

 

 

 - BOP Café: "São dois cafés e um vinil, se faz favor!" As notícias sobre este novo café invadiam a internet. Um conceito original e interessante. Não podíamos vir ao Porto e não aproveitar o nosso tempo para beber um café e ouvir uma boa música. O café é bastante acolhedor. Tivemos vontade de pegar nele e arrancá-lo para colocar em frente à nossa casa em Lisboa para que pudessemos lá ir todos os dias ao final da tarde. O conceito é bastante interessante e a decoração muito bem cuidada. Voltaremos a encontrar-nos!

12541166_10207030797520686_5091172545877821171_n.j

 

 


- As Igrejas que não se podiam tocar: reza a lenda da FWT (se não sabes o que significa esta sigla, dá um pulo até ao post anterior - Adeus, carago! - parte l) que havia uma igreja muito conhecida no Porto. Tão mas tão popular, que muita gente não conseguia sequer entrar, tal era a multidão. Posto este cenário, um bispo, padre, sacerdote ou quem quer que tenha sido, com inveja da tamanha fama daquela igreja, decidiu construir uma mesmo ao lado. Pelos vistos existe uma lei no mundo imobiliário cristão que diz que duas igrejas não se podem tocar ou ficar uma a seguir à outra. Sendo assim o nosso bispo, padre, sacerdote ou quem quer que tenha sido, decidiu construir uma mini-casa entre as duas igrejas, solucionando assim o problema. Verdade ou não, não sabemos, mas que é estranho ver duas igrejas seguidas, lá isso é!

 

12509147_10207012809310992_439065524741983189_n.jp

 

Adeus, carago! - parte l

12552938_10207012809671001_745050291217778110_n.jp
Desta vez foi altura de nos despedirmos do Porto. Por já termos estado uma semana de férias no Porto e feito nessa visita a grande maioria dos passeios turísticos, optámos por estar um pouco mais com os nossos amigos e não saímos tanto. Em todo o caso, deixamos aqui os "MUST GO" - parte l -  do Porto:

 

- Free Walking Tour: cometemos um erro terrível em ter deixado esta visita para o último dia da nossa estadia no Porto. Foi a nossa primeira Free Walking Tour (FWT). Para quem não conhece, o conceito é bastante simples: passeio guiado por um "expert" da cidade que nos conduz num passeio com a duração de 2/3h - dependendo da tour escolhida e da cidade - sendo que, no final, cada pessoa/grupo é convidado a oferecer generosamente a contribuiçao monetária que achar que a tour valeu.

Neste momento já fizemos 3 FWT e confessamos que vale sempre muito mais do que o que damos. Normalmente damos 5€ cada um, mas ficamos sempre com um sentimento de culpa e com planos de dar uma oferta mais generosa quando nos sair o Euromilhões! Na verdade, são os guias mais engraçados, divertidos e disponiveis - mesmo pós-tour - que já conhecemos. Aconselhamos vivamente e que os façam no 1º dia na cidade.

 

- McDonald's dos Aliados: onde outrora funcionava o famoso Café Imperial, apresentando um estilo art-déco e conjugando história e modernismo, é considerado um dos mais bonitos do mundo. À porta uma imponente águia (Carrega, Benfica!) dá-nos as boas-bindas. Lá dentro, há lustres de cristais no tecto e vitrais de Ricardo Leone (famoso vitralista português) nas paredes. Sai um McMenu McTasty!

 

12540289_10207030425991398_762564329_n.jpg

 

- Francesinha: não fomos muito exigentes na escolha do local, até porque não somos os maiores fãs de francesinha. No entanto, dizem os profissionais de francesinha que a melhor é no Café Santiago. Acuse-se quem já lá foi!

http://caferestaurantesantiago.com.pt/pt

 

. Cruzeiro das 6 pontes com vinho à mistura: comprámos um daqueles packs promocionais online que incluía este cruzeiro, juntamente com uma visita às caves (há um montão delas do lado de lá da ponte - Gaia) com prova de vinho (no nosso caso foi as da Offley), uma visita à Quinta da Boeira, onde se encontra a maior garrafa do mundo (acabámos por não poder usufruir desta última porque estava em obras na altura) e ainda uma noite num hotel no Porto! - A Catarina acha que foram 69€ (para duas pessoas); o João acha que foram 89€; como não encontramos mais essa promoção, vamos ficar a teimar cada um com o seu valor. Mas não passava disso.

Quanto ao cruzeiro, este não é propriamente um barco de luxo com poltronas e champanhe, mas é um passeio com uma vista muito bonita em que, tal como o nome spoila, nos leva a conhecer mais de perto as 6 pontes sobre o Douro.

 

1929897_10207030458552212_4496179265300523964_n.jp

 

Quanto às caves, foi bastante interessante uma vez que ficámos a conhecer imensas curiosidades sobre o vinho e no final ainda tivemos a oportunidade de provar diferentes vinhos com diferentes idades e caracteristicas. Recomendamos!

Encontrámos um desconto na Groupon.pt que não é o que comprámos mas também pode interessar a quem lá for em breve:

12576024_10207030571355032_182635748_n.jpg

 

 

Ainda falta a parte 2... Não fujam daí!

Hosts do Porto #EntreNós

12509863_10207024949254483_5160207105823887676_n.j

 

 

Fazer uma viagem longa tentando gastar o mínimo possível tem vários "segredos". Um deles é, sem dúvida, ter onde dormir sem pagar.

 

É aqui que entram os amigos, amigos de amigos, familiares, amigos de familiares e familiares de amigos.

Melhor que a estadia gratuita, é a oportunidade de conhecermos pessoas fantásticas. Algumas até nos mostram a cidade, por vezes melhor que um guia turístico! Querem melhor que isto? 


Os nossos hosts do Porto já eram conhecidos. São amigos que o João fez através do poker.
Eman e Jota, dois sábios da vida! Como o Eman costuma dizer: "Jogam sempre para máximos históricos". O que poderá ser traduzido para: aproveitar a vida ao máximo!, aka, YOLO! E essa energia sente-se na casa.

 

12417934_10207024949014477_8852265116576264112_n.j

 

 


Por estes dias não éramos os únicos couchsurfers na casa. Um outro mestre do poker - Mafra - também parava por aquelas bandas. Ele que neste último ano fez viagens de invejar qualquer um: Austrália, Nova Zelândia, Tailândia e mais.
Também lá estava Linda, uma simpática colombiana de quem já falámos noutro post e com quem combinámos encontrar-nos em Barcelona, sua cidade de residência.



Fomos super bem recebidos. À chegada tínhamos uma maravilhosa pizza caseira à nossa espera, precedida de uma óptima farinheira com ovo mexido. (O Jota é grande mestre da culinária).


1440_1262516877097326_4087733875504160852_n.jpg



Para compensar, encarregámo-nos do jantar do dia seguinte e fizemos uma iguaria só ao alcance dos melhores profissionais da cozinha: massa à carbonara. :P Ao menos valeu para aprender que as natas se devem engrossar (Obrigado, Jota!). Modéstia à parte, até ficou bastante delicioso.


12552943_10207025177060178_2402108999824991609_n.j

  

Fomos beber um copo na primeira noite a um bar que gostámos muito. Num próximo post colocamos algumas informações de locais a visitar, incluindo esse.
Nas outra noites acabámos por ser mais caseirões, e ocupámos o nosso tempo com poker chinês (A Catarina está viciada e acha que já é profissional! :P), filmes e "Terapia" (RTP 1).

Parabéns, Livraria Lello!

12400899_10207024949334485_1226186352655822979_n.j

 

Pelo seu valor histórico e artístico único, a Livraria Lello tem sido reconhecida como uma das mais belas do mundo por diversas personalidades e entidades, incluindo o jornal britânico "The Guardian".

 

Conhecida, também, por ter inspirado a autora J. K. Rowling para a mundialmente famosa saga Harry Potter, a livraria Lello apresenta uma escadaria muito peculiar que nos transporta para o mundo mágico das histórias de encantar.

 

Para comemoração do seu aniversário - 110º!! - a livraria agendou um programa recheado de livros, animação, música e iguarias. Infelizmente quando estávamos a entrar, vimos o último jesuíta (bolo com origem nas cozinhas conventuais) ser entregue à senhora à nossa frente... :(

 

A livraria que, usualmente, cobra 3€ aos seus visitantes, teve hoje entrada gratuita, para que todos pudessem festejar consigo o seu 110º aniversário. Estando no Porto, não podíamos deixar de tê-la #EntreNós!

 

12548994_10207024949814497_1622241320957642313_n.j