Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

EntreNós

Primeira vez

As primeiras vezes são sempre especiais. Más ou boas experiências, ficam na memória. Na Holanda tivemos a nossa primeira vez: apanhámos boleia com um completo desconhecido e sobrevivemos!
Roterdão-Amesterdão: com os preços puxadotes dos comboios, decidimos experimentar o Bla Bla Car.

Depois de uma ou duas noites de pesquisa e algumas trocas de mensagens, encontrámos o Norbert, um polaco que ia fazer o trajecto que pretendíamos. Combinámos a hora e o ponto de encontro – ele foi buscar-nos a casa da Ivana e do Petar! – et voilá! Por sensivelmente metade do preço, conseguimos o nosso transporte para a cidade do Red Light District.

Apesar de o Bla Bla Car ser um site mega popular e “certificado”, há sempre aquele receio de que algo falhe. A verdade é que correu tudo bem nesta nossa primeira experiência.

O Norbert era simpático; não tinha o inglês mais polido do mundo, mas o nosso também está longe de ser perfeito e chegou para nos entendermos. Falámos a viagem toda. Sobre a Polónia, a sua emigração para a Holanda, o povo holandês, futebol e muito mais. Ao chegar a Amesterdão deixou-nos onde pedimos (Central Station) e seguiu a sua viagem. 

Uma boa experiência EntreNós que havemos de repetir :)

Amesterdão, aqui vamos nós !!
 

ams.jpg

 

Sofá com sofá se paga

Se leram os nossos posts da Holanda, por esta altura já estarão fartos de ouvir falar do Petar e da Ivana. Mas vamos aprofundar um bocadinho mais a história que nos uniu a estes sérvios adoráveis.
 
.  Março de 2014: aceitámos receber um casal sérvio na nossa primeira experiência de couchsurfing.  Com jogos de sofá, passeios por Belém e cervejas no Bairro Alto, estava criada uma nova amizade.
 
.  Junho de 2015: a Catarina e o Kiko (irmão) foram a Amesterdão para o Kiko fazer uma audição para entrar no Conservatório. Pelo caminho ficaram duas noites em Roterdão, recebidos pelo Petar (a Ivana estava fora).
 
.  Fevereiro de 2016: durante a passagem pela Holanda, ficámos uns dias em Roterdão. Fomos optimamente recebidos pelo Petar e pela Ivana. Entre jantares recheados de delícias sérvias, rakija (licor sérvio potentíssimo), jogos de tabuleiro, música e passeios de bicicleta, consolidámos esta amizade fantástica.
 
Uns dias mais tarde, eles foram ter connosco a Amesterdão e ainda passámos mais uma bela noite juntos!
 
 
 
Esperamos voltar a partilhar mais risadas e momentos para mais tarde recordar com os nossos amigões sérvios!

Thank you so much, guys! :D

Jantar sérvio #EntreNós

O jantar foi óptimo! Algumas amigas do Petar e da Ivana juntaram-se à festa. A comida estava deliciosa e a companhia não ficou atrás.

12642508_1376837132423207_6576161193380884932_n.jp

 

 

A Ivana passou o dia na cozinha, o que originou uma mesa a abarrotar. Provámos umas quantas delícias típicas da Sérvia. Para os mais curiosos e/ou "food-lovers", aqui vão algumas:

 

Čvarci – São uns pedaços de gordura de porco; parecido com torresmos.

Ajvar – É um molho de pimentos óptimo.

Podvarak – É uma espécie de couve cozida.

Rakia ou Rakija - É uma bebida alcoólica proveniente da destilação de fruta fermentada (pêssego, uva, figo, marmelo e até zimbro). Pode conter, aproximadamente, entre 40 a 65% de álcool. 1 copinho de Rakia e estamos prontos para a maluqueira.  

 

Pogača – É um pão delicioso, pelo qual nos apaixonámos. No dia seguinte, a Catarina “exigiu” fazer um sozinha, com a supervisão da Ivana.

 

13383819_10208131135388445_553045435_o.jpg

 

 

Este post está a ficar um bocado Jamie Oliver, mas cá vai:

 

 

Pogača

850g de farinha, 1 colher de sopa de sal, 2 colheres de sopa de açúcar

Misturar tudo e fazer um buraco no meio

Adicionar 250 ml de água, 250 ml de leite e 1 xícara de óleo

Adicionar uma colher de chá de fermento

Juntar tudo e começar a amassar

Pode adicionar-se farinha, caso a mistura fique muito pegajosa

Levar ao forno durante 30 minutos (não sabemos a temperatura. Improvisem e vão deitando um olhinho!)

 

Et voilá! Serbia for the win!


No próximo post contamo-vos o que visitar em Roterdão!